Títulos / Postagens
Capa » Estudos » Gerando um relacionamento com Deus à imagem de Jesus

Gerando um relacionamento com Deus à imagem de Jesus

relacionamento

João 17

23 Eu (Jesus) neles, e Tu (Deus) em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim.

Desde a criação do mundo a única intenção de Deus para com o homem é se relacionar. Jesus quando se manifestou ao mundo, mostrou como era possível se manter íntegro, em santidade ao Senhor, mesmos estando aqui nesse mundo.

Jesus se fez carne, habitou no meio dos homens, manifestou a glória de Deus não somente na palavra mas também em graça e obras. Ele estava à frente de seu tempo e dos líderes religiosos da época. Eles não compreendiam e se sentiam afrontados pelas duras palavras do Nazareno, confrontados com suas ações e decisões regidas pela lei, porém sem o discernimento de Deus, que naquele tempo já não se manifestava a eles há algum tempo.

No capítulo 17 de João, Jesus faz uma linda oração, talvez a mais bela de toda a bíblia, pedindo ao Deus Pai que os discípulos d’Ele se relacionassem e se mantivessem unidos, como Ele (Jesus) é com Deus Pai, manifestando assim a glória de Deus aqui no mundo.

Na última parte deste versículo 23, Ele afirma que essa unidade demonstraria que o Pai tem amado os discípulos, não só os 11 que estavam ali reunidos, mas também nós como discípulos a imagem de Jesus.

Esse modelo de vida e relacionamento cristão que nos é proposto pelo evangelho, é embasado no modelo de vida que Jesus teve enquanto estava aqui. Modelo esse que foi estabelecido não somente pelas obras que Ele fez, mas principalmente pela constante dependência e orientação do Pai. Esse relacionamento foi manifesto nas obras, diferente dos líderes religiosos daquela época, Ele não se importava em ser visto pelas pessoas, mas sim de estar no centro da vontade de Deus. Não buscando a exaltação de seu próprio nome, mas sim para que toda glória fosse dada a Deus Pai.

Esse relacionamento trouxe foco na vida d’Ele, e hoje não é diferente conosco. Cada vez que nos submetemos ao evangelho, nos abrindo para que o Espírito de Deus nos direcione através da oração, ele nos “aponta” para o caminho correto, decisões certeiras, tudo isso para que o nome de Deus seja glorificado através de nós. Assim todos os dias nos tornamos totalmente dependentes de um Deus glorioso e Santo, não de uma forma manipulada mas ligados totalmente em amor por Aquele que nos amou primeiro.

 

Escrito por: Pr. André S. Gonçalves

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Um comentário

  1. Jéssica Rodrigues dos Santos Chaves

    Que a cada dia possamos estar no centro da vontade do Pai! Palavra abençoada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*