Títulos / Postagens
Capa » Estudos » O JUGO DE JESUS

O JUGO DE JESUS

jugo

Naquela ocasião Jesus disse: “Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos pequeninos.
Sim, Pai, pois assim foi do teu agrado.
“Todas as coisas me foram entregues por meu Pai. Ninguém conhece o Filho a não ser o Pai, e ninguém conhece o Pai a não ser o Filho e aqueles a quem o Filho o quiser revelar.
“Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso.
Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas.
Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”.
(Mateus 11:25-30)

 

RAfa1

 

Jugo é uma peça feita de madeira que é utilizada para unir dois bois, para que andem no mesmo compasso enquanto puxam um arado ou uma carroça. É também chamada de canga ou junta de bois.

No sentido figurado, jugo significa submissão, obediência, autoridade, domínio, opressão, sujeição.

Jugo no sentido do texto significa o conjunto de interpretações do Rabino (mestre) acerca da lei Mosaica. O Rabino era o interprete da lei e o seu jugo consistia em permitir e proibir, aplicar a moral e prática da lei, definir o que PODE e o que NÃO PODE!

Os Rabinos mais famosos da época de Jesus eram Hillel e Shammai, sendo que o jugo de Hillel era considerado menos rígido, os discípulos de Shammai consideravam pecado a ação ou até a  omissão em alguns casos.

O Senhor Jesus faz um convite a todos os que estavam cansados e oprimidos (Mt 11.25-28), pois além de suas lutas diárias (enfermidades, relacionamentos, finanças…)o peso das obrigações religiosas impostas a eles pelos sacerdotes, rabinos, escribas e fariseus, ou seja, o jugo, tornava a situação ainda mais difícil, pois os colocavam como transgressores da lei, acusando, condenando, oprimindo, julgando e os tornando irreconciliáveis. Estavam cansados, pois mesmo com todo esforço, o que lhes era apresentado era impossível de cumprir.

Tanto era impossível que nem mesmo os Rabinos conseguiam cumprir, veja o que Jesus disse em Mateus 23.4 – Atam fardos pesados e difíceis de suportar, e os põem nos ombros dos homens; eles, porém, nem com o dedo querem movê-los.

Pedro também diz algo interessante no discurso da assembleia de Jerusalém quando os judeus o interrogavam acerca da circuncisão entre os gentios, pois assim aprenderam no jugo anterior, ou seja, na religião, veja Atos 15.10e11 – Agora, pois, por que tentais a Deus, pondo sobre o pescoço dos discípulos um jugo que nem nossos pais nem nós pudemos suportar? Mas cremos que somos salvos pela graça do Senhor Jesus Cristo, como eles (gentios) também.

O Senhor Jesus o nosso Rabino (mestre), nos convida para o Alívio, para a libertação deste fardo, e nos comunica o seu jugo, que é suave e o seu fardo que é leve (Mateus 11.30).

Você pode se perguntar, mas os Rabinos se baseavam somente em práticas morais para seu julgamento da lei, enquanto Jesus apregoava que se simplesmente desejarmos já cometemos pecado, exemplo:

– A lei diz: não matarás.

– Jesus diz: quem se encolerizar contra seu irmão sem motivo, estará sujeito a julgamento.

– A lei diz: não cometerás adultério.

– Jesus diz: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração já cometeu adultério com ela.

O jugo de Jesus parece muito mais rígido do que o jugo dos demais rabinos, a diferença começa no peso da lei, o fardo, a culpa, nos outros casos recai sobre o homem, no caso de Jesus ele tomou sobre si o peso da condenação, o julgamento foi sobre Ele e nós podemos ser justificados (perdoados) pela Graça, mediante a fé.

Veja o que diz Isaias “Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças, contudo nós o consideramos castigado por Deus, por ele atingido e afligido.
Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniqüidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados.Com julgamento opressivo ele foi levado. E quem pode falar dos seus descendentes? Pois ele foi eliminado da terra dos viventes; por causa da transgressão do meu povo ele foi golpeado. Contudo foi da vontade do Senhor esmagá-lo e fazê-lo sofrer, e, embora o Senhor faça da vida dele uma oferta pela culpa, ele verá sua prole e prolongará seus dias, e a vontade do Senhor prosperará em sua mão. Depois do sofrimento de sua alma, ele verá a luz e ficará satisfeito; pelo seu conhecimento meu servo justo justificará a muitos, e levará a iniqüidade deles. Por isso eu lhe darei uma porção entre os grandes, e ele dividirá os despojos com os fortes, porquanto ele derramou sua vida até à morte, e foi contado entre os transgressores. Pois ele carregou o pecado de muitos, e intercedeu pelos transgressores.”                                  (Isaias 53. 4,5,8,10,11e12)

 

Portanto o que era impossível para nós, ele cumpriu para que não vivêssemos apenas uma religião, uma aplicação moral externa da lei, mas que a transformação fosse por completa, muito acima do conjunto de regras, alcançando nossos pensamentos, desejos, sentimentos, nossa essência, nossa alma.

Em relação ao jugo suave, esta relacionada à forma como o encaramos, não como uma obrigação, pautada em ameaças, mas em um relacionamento de amor, onde conhecemos nosso Deus, oque ele fez por nós, sua palavra, seus ensinamentos e temos prazer em cumprir, desejamos ardentemente nos tornar mais parecidos com ele e agradá-lo com a nossa vida de adoração e santidade, trilhando pelo caminho que ele preparou para nós.

Em Jeremias Deus anunciou: “Assim diz o Senhor: Ponde-vos nos caminhos, e vede; perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho, e andai por ele, e achareis descanso para vossas almas. Mas eles disseram: Não andaremos nele.”( Jr 6.16)

Infelizmente alguns não desejam andar pelo Caminho, Jesus é o caminho de vida. Mas para todo aquele que deseja, mesmo que seja pequenino, Ele se revela por meio de seu filho e  achareis o que a humanidade tanto procura desde os primórdios…descanso para a vossa alma!

Venha viver um relacionamento de amor com Deus, trilhar um caminho de vida, se libertar do fardo, da religião, da culpa, da opressão do mundo atual e encontrar descanso para sua alma em relacionamento intimo e sincero com o Bom Pastor Jesus Cristo de Nazaré o caminho, a verdade e a vida!

Rafa2

 

 

 

Deus te abençoe!

Escrito por: Pr. Rafael Piquera Azevedo

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*